Image Map

13.10.13

Oath 25º Capítulo `` Sabe oque ele me disse? ´´


                           


Oi! Eu não sei quando eu estou postando esse capítulo porque eu começo a escrever num dia e termino dois dias depois então... É, eu não sei se hoje é sábado, domingo ou segunda, mais isso não importa. O que importa é que o capítulo está aqui para vocês!

                Oath 25º Capítulo `` Sabe oque ele me disse? ´´

A mãe da Gabriela veio buscar ela junto a seu pai e a encontraram ainda dormindo com o Justin. Então tiveram que tirar ela bem devagarzinho de lá para levar até o carro, o que não foi um problema.
Justin continuou num sono profundo, dormia igual a um bebê, dava até dó de acorda-lo para que ele subisse para o quarto. Aproveitei a deixa e liguei para o Ryan, disse que o Justin iria dormir aqui em casa hoje.
Ele já começou cheio de malicia mais eu disse que não era nada daquilo, simplesmente ele dormiu no sofá. Ryan acabou concordou e disse que amanhã de manhã vai acordar ele na chinelada, eu ri.

Fiquei deitada no outro sofá procurando por algum filme interessante até que parei na Fox, e eu vi que estava passando Never Say Never. Deixei nesse filme mesmo, eu gosto dele, me trás boas lembranças da época em que ele era só um garoto que cantava por diversão.
Keyla apareceu e se despediu, disse que amanhã no horário dela estaria de volta. Eu me despedi dela e ela foi embora.
Continuei vendo o filme até que eu fiquei com sede. Me levantei e fui até a cozinha. Peguei uma caneca e despejei leite, peguei o nescau e uma colher. Mexi os dois e depois coloquei no microondas. Voltei para a sala durante esse meio tempo e percebi Justin se mexendo no sofá. Ele resmungou alguma coisa me fazendo rir baixo e logo depois afundou a cabeça dele nos travesseiros. Ouvi o microondas apitar e voltei. Peguei meu suposto `` chocolate quente ´´ e voltei para a sala.
Peguei no armário que ficava perto da dispensa um manta aconchegante e voltei para o sofá. Me enrolei nela enquanto assistia o filme e bebia meu chocolate.

Vi que já eram 22:00 horas então decidi acordar o Justin para subir. Me sentei no sofá ao lado dele e comecei a cutuca-lo que resmungava coisas sem sentidos me fazendo rir. Aproveitei e peguei meu celular. Abri o gravador de vídeo do Instagram e dei play. Comecei a cutucar o Justin falando para que subíssemos pois estava tarde. Ele não acordava por nada, então eu sussurrei um `` Já sei ´´ ! Corri até a escada ainda gravando e subi no topo dela, quando estava lá gritei:

- Droga! Derrubei tinta no boné do Justin, ele vai me matar! - Esperei alguns segundo até que obtive resposta.
- Ainda que você sabe, é melhor tu correr. - Eu desci vendo ele já sentado no sofá esfregando o rosto. Logo depois colocou seus supras e levantou. Levantei o celular e fui andando para trás. Abri a porta de vidro e ele começou a correr, fiz o mesmo. Me coloquei do outro lado da piscina.
- É brincadeira Justin, só gritei pra acordar você.
- Filha da puta. - Ele começou a correr de novo até mim que fui mais rápida indo até a rua de paralelepípedo aonde tinham as outras casas, e eu vi que mais para o meio tinha uma rodinha de violão.
- Espera aí Justin. - Parei o vídeo e postei ele assim mesmo com a seguinte legenda: `` Como acordar seu namorado ;) ´´ Apoiei minhas mãos no joelhos me abaixando um pouco para recuperar o folego perdido nessa pequena corrida. Levantei minha cabeça vendo Justin que não sorria. - Que é Justin? Eu acordei você para a gente subir, você ia dormir no sofá? Caramba, eu assisti Never Say Never inteiro e metade de Amizade Colorida, tinha que acordar você! - Ele revirou os olhos e depois sorriu.
- Vamos então. - Ele voltou a andar para dentro de casa e eu fui atrás dele. Quando entramos eu tranquei a porta de vidro que era a única aberta, pois era a que mais usávamos. Coloquei minha caneca na pia e desliguei tudo no andar de baixo enquanto Justin subia.

Depois de um tempo subi também e encontrei ele esparramado na minha cama. Fui para o closet e coloquei uma camisola curta de cetim preto com decote de renda branco. Voltei para o quarto e Justin  parecia estar realmente dormindo. Fechei a porta e deitei ao seu lado. Me cobri com o edredom e virei para o outro lado.
Senti quando Justin virou e me abraçou por trás, beijou meu rosto e sussurrou `` Eu amo você ´´. Sorri espontaneamente e logo depois senti o sono chegando, minha pálpebras pesarem e meus olhos fecharem...

[...]

Acordei com uma alegria indescritível, uma vontade absoluta de fazer tudo que eu sempre quis.
No começou eu estranhei aquela disposição pois fui dormir um pouco tarde, mais entendi o porque...

Eu tinha que pensar em algo para dar de aniversário para o Justin. Mais eu não tinha a menor ideia do que dar para uma pessoa que já tem tudo e se não tivesse poderia comprar a qualquer hora ou simplesmente mandar para que comprassem.
Aí fica mais difícil para mim! Eu vou ter que arriscar algumas perguntas discretas só para ter uma ideia do que ele gostaria. Eu conheço Justin o suficiente para saber que ele é um garoto inteligente, claro que ele vai sacar na hora! Eu preciso de ajuda, Sophia, Maísa, Bruna, Eduarda, Letícia, Alfredo, Ryan, Chaz... Nem que eu tenha que ligar para a Pattie, mais eu tinha que dar o presente perfeito, o que série difícil pois não conseguiria fazer um clone do Justin para dar a ele...

Senti quando ele se mexeu. Virei para o outro lado e vi que ele já estava acordado, mais mantive meus olhos fechados para ver se ele tomava alguma iniciativa. Quando virei meu edredom saiu, e eu vi que hoje o dia estava muito frio. Me abracei a Justin de um jeito preguiçoso e me encolhi um pouco. Dei graças quando ele me cobriu e em seguida beijou minha cabeça e ficou afagando meu cabelos. Naquele tempo que eu fiquei com minha cabeça repousada sobre o peito de Justin eu fiquei pensando no presente perfeito...

- Justin?
- Sim?
- O que você gostaria de ganhar de aniversário? - Ele ficou longos minutos em silêncio.
- Eu gostaria de conhecer todas as minhas fãs brasileiras, como se fosse uma convenção cheia delas, cada uma delas... Isso só não séria um presente perfeito como também um sonho realizado. - Eu sorri e imediatamente tive uma ideia. Uma incrível e ótima ideia. Mais eu tenho pouco tempo para bolar tudo, iria precisar da ajuda de todos dos quais conhecia.
Eu fiquei tão feliz que enchi ele de beijos, cada parte de seu rosto cada detalhe e ele não me impedia, ele só ficava descendo e subindo suas mãos nas minhas costas.
Quando parei encarei seus olhos castanhos que estavam brilhantes.
- Você não vai trazer todas as minhas fãs do Brasil e fazer um convenção, vai?
- Talvez eu não consiga... Mais eu vou tentar. - Sorri sapeca.
- Eu amo você. Amo seu jeito de ser, seus olhos, sua boca, sua maneira de falar, sua vontade de fazer todos felizes e mais que tudo amo o quanto você me faz feliz. - Eu sorri.
- Multiplica tudo isso por mil e você não vai nem conseguir chegar perto do tanto que eu amo você. - Beijei seus lábios calmamente pois não queria que aquela momento não acabasse nunca. - Bom, agora eu tenho que levantar. - Sentei na cama e me espreguicei, ele não me impediu. Pelo contrário, ele levantou também.

Fui para o banheiro e fiz minhas higienes matinais, prendi meu cabelo em rabo de cavalo e fui para o meu closet. Fiquei procurando algo descente para esse maldito dia de frio e finalmente me decidi. Quando terminei de me vestir me olhei no espelho e vi que estava legal! Não sabia por onde começaria, eu precisava da ajuda da Sophia.

POV Justin

O resto do dia a Becky estava meia estranha. Falava o necessário comigo e vivia centrada no celular dela que não parava de tocar durante um segundo, aquilo já estava me irritando. O Chaz, o Ryan e o Alfredo ficavam de segredinho com ela que as vezes fazia cara de aprovação e as vezes de reprovação.
Os três também não saiam da merda do celular e quando eu fui pegar o meu a Becky me impediu. Eu não estava entendendo exatamente mais nada. Nem no meu notebook ela deixava eu mexer, Ryan inventou de conversar sobre o Christian. Dizendo que estava com saudade dele da Caitlin e eu me identifiquei com o assunto dizendo que também estava com saudade dos meu amigos. Falei também que queria poder passar o meu aniversário com eles e minha família. Quando disse isso Ryan pareceu ter uma ideia e logo voltou a merda da atenção para o celular e isso já estava ficando chato.
Eu estava me sentindo excluído.

- Gata, me dá um beijo? - Chamei a atenção da Becky que me olhou e sorriu meio tímida. Mais logo se aproximou e me selou devagar. Ela se afastou lambendo os lábios e pegou o notebook dela em cima da mesa de centro, ele já estava aberto. Ela pegou seus fones e plugou nele. Ela se recostou em mim e abriu o mixer de músicas.  Ela começou a fazer um Mash-Up de Boyfriend com Heart Attack e eu só prestava atenção para saber oque ela estava fazendo.
Percebi que ela tamborilava os dedos no notebook ao ritmo da música que era possível ouvir além dos fones pois estava alto.
Algumas vezes ela se irritava consigo mesma por ter feito algo errado e resmungava qualquer coisa que eu não entendia.
Acho que ela tinha terminado o mash porque ela foi para o editor de vídeo e junto a capa de Boyfriend e a capa de Heart Attack. Colocou uns efeito de inicio desfocados para o vídeo que iam melhorando enquanto encachava na tela. Ela colocou a música e ouviu umas três vezes, e quando ela viu oque eu já tinha percebi a muito tempo gritou:

- Desafio feito. - Eu não entendi no começo mais ela explicou. - No twitter, uma garota me desafiou a fazer um mashup de duas músicas que eu gostava muito, eu só... fiz... - Eu assenti orgulhoso de mim mesmo por ser a voz predileta da Becky. Ela postou o vídeo com a tag #DesafioFeito e o user da tal garota.
- Quer ouvir? - Ela tirou os fones e eu os peguei e em seguida coloquei em mim.


[/* eu amo esse mash-up but não fui eu quem fiz ;) *\]

O mash ficou incrível, nem dava para acreditar que a Becky... Quer dizer, uma garota o fez. Enquanto ouvia fiquei pensando em uma coisa...
A Becky é linda, tem uma boa família, é educada, humilde, bondosa, gostosa, sabe cantar, tocar violão, guitarra, baixo e piano. Também sabe mexer com mixers... Eu tenho é sorte de ter essa garota, sem mais.
Fiquei alguns segundos pensando na merda que eu fiz a 2 meses atrás... Trair ela? Só por causa da bebida mesmo, pois se eu estivesse em sã consciência nunca teria feito aquilo.

Olhei para Ryan que se mantinha focado no celular igual aos outros dois, pelo menos a Becky já havia cessado. Coloquei seus notebook de volta na mesa de vidro depois que terminei de ouvir e a puxei fazendo com que deitasse em meu colo.
Ela me encarava com aqueles olhinhos brilhantes e mordendo levemente o canto da boca, eu adorava aquilo. Me inclinei um pouco e beijei ela que segurou meu rosto para aprofundar mais o beijo. Pedi passagem e ela cedeu sem exitar, fiquei com vontade de rir.

- E aí casal 20, dá para parar com a pegação? - Becky se afastou meio tímida e eu quase joguei o meu celular no Alfredo.
- Cara, se você não tem namorada não atazana minha vida. 

- Tédio maldito. - Becky se virou para a TV que estava desligada, mais ela a ligou. E estava na Sony, estava passando Resident Evil. - Odeio esse filme. - Ela disse erguendo o controle e mudando de canal, na Disney.
- Você só pode estar de zoa com a minha cara né? - Disse.
- Está passando Feiticeiro de Waverly Place, me deixa. - Eu olhei para a TV e revirei os olhos vendo a Selena. Tudo oque eu menos queria era ver a cara daquela sonsa aproveitadora de fama. Peguei o controle da mão da Becky e fui mudando os canais. Eu pensei que ela iria me repreender mais ela ficou quieta. 
Até pensei que Becky estava mal, com dor ou algo assim mais ela aparentava estar bem, só silenciosa.
De vez em quando ela checava seu celular e respondia a mensagens rapidamente e depois volta  prestar atenção na TV como se não tivesse feito nada.

Eu só queria saber oque tanto ela fazia naquela droga de celular que a impedia de estar gemendo meu nome agora. 
Será que ela iria realmente fazer um convenção com todas as minhas fãs do Brasil? Eu julgaria isso impossível. Quer dizer, como as fãs viriam de outros estados? Eu não sei exatamente do que a Becky é capaz mais, sei que se ninguém a impedir ela iria ir longe demais e parecia que Ryan, Alfredo e Chaz estavam aprontando junto com ela. Tenho certeza que dessa vez Becky vai me surpreender como ela sempre faz...

POV Becky

Estava praticamente tudo pronto para o dia do aniversário do Justin. Meus pais conseguiram alugar 2 ônibus que saíram dos 5 estados mais populosos do Brasil até o Rio ( ou seja, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Rio Grande do sul e Ceará ). Eu consegui alugar uma chácara seguida do buffet e jogo de luzes com salão de festas.
Conversei com o Gabriel e ele vai contratar o Trio YEAH, o Pollo com o Ivo, a Manu Gavassi e outros...
Criei várias parcerias com sites brasileiros do Justin e todos fizeram uma postagem com o seguinte conteúdo:

A Becky atual namorada de Justin Bieber alugou uma chácara no Rio de Janeiro para fazer a festa do cantor. Mal ele sabe que ela também alugou mais 2 ônibus para para os seguintes estados:

São Paulo
Minas Gerais
Bahia
Rio Grande do Sul
Ceará

Se você é Belieber e mora em algum desse estados e quer ir para a festa do rei do swag preencha o formulário abaixo. 
Todas as fãs que colocarem os dados e responderem as perguntas corretamente receberam um email com a confirmação e por correio o convite e a passagem para o ônibus junto com o lugar de embarque. Não terão que pagar exatamente nada. Esse é um presente da Becky para todas as fãs mais tem um porém... Se 3 das 5 perguntas que segue o formulário estiverem erradas o convite não será enviado pois só as verdadeiras fãs irão.

A Becky fez questão de deixar toda a equipe de todos os sites brasileiros do Justin cobrir a festa e dar uma entrevista exclusiva com o cantor. Ela também disse o seguinte:

Hoje de manhã perguntei ao Justin oque ele gostaria de ganhar de presente de aniversário e ele disse: `` Eu gostaria de conhecer todas as minhas fãs brasileiras, como se fosse uma convenção cheia delas, cada uma delas... Isso só não séria um presente perfeito como também um sonho realizado. ´´ Então eu decidi convocar os sites brasileiros do Justin para anunciara a festa. Eu sei que nem todas conseguiram ir mais pelo menos eu tentei... Não quero que fiquem chateados as fãs de estados mais distantes, mais eu só convoquei os mais próximos pois seria mais fácil de chegar aqui.

Depois que recebi uma última mensagem da minha mãe dizendo que conseguiu alugar dois hotéis com mais de 300 quartos perto da chácara para hospedar as fãs antes da viagem de volta aonde elas poderiam tomar banho e comer. 
Eu estava tão cansada, decidi ir dormir. Mais antes Ryan me disse uma coisa da qual eu fiquei estatica. E se ele conseguisse? Eu iria ficar doida! Sabe oque ele me disse? Ele disse que vai tentar trazer PattieJeremyJazzyJaxonChristian, Caitlin e Scotter para o Brasil.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
Aqui estou eu, agora são exatamente 03:27 da manhã de segunda feira. Falei que iria postar o capítulo segunda de madruga e aqui está. Espero que gostem ok? Eu acho que ele ficou um pouco pequenininho mais eu vou prometo caprichar no próximo, comentem por favor, beijos.

                                







Um comentário :

 

©código base por Ana .